quinta-feira, janeiro 04, 2007

O Vinho da Madeira

Estive sem escrever desde 29 de Novembro. Espero escrever mais regularmente durante 2007. Para começar vou tentar ajudar o meu amigo João Plantier (http://www.joaoplantier.com/) a conhecer o Vinho da Madeira.


O vinho generoso da Madeira, à semelhança de muitos outros vinhos licorosos, como o Porto, o Marsalla, o Moscatel de Setúbal, etc., são obtidos a partir do sumo de uvas frescas que se deixa fermentar mais ou menos de forma a que reste algum açúcar residual, o qual vai condicionar o carácter doce ou mais seco do vinho assim preparado. Assim temos o Madeira Seco, o meio seco, o meio doce e o doce. Em baixo segue uma descrição maos gastronómica de cada um deles. Sobre o fabrico e a história deste vinho basta consultar o site do Instituto do Vinho da Madeira de onde extraí esta informação.


Hoje em dia, as castas mais utilizadas para a produção do vinho Madeira são o Sercial, o Verdelho, o Boal, a Malvasia e a Tinta Negra Mole.
O Sercial é a última casta a ser vindimada pois é a que produz o vinho mais seco.


O Vinho Madeira Seco
Excelente como aperitivo. Acompanha bem com azeitonas, amêndoas torradas, canapés de caviar ou de salmão fumado.
Vai igualmente muito bem com peixes fumados, como o salmão, o espadarte, o atum, a espada ou com mariscos, sushi, mousses de peixe, queijos frescos de cabra ou de ovelha.
Refrescante como Long drink, com água tónica, limão e gelo.

O Vinho Madeira Meio Seco
Excelente como aperitivo, combina na perfeição com azeitonas, amêndoas torradas e frutos secos, consomés, cremes com natas, sopa de cebola gratinada, presunto Serrano ou caça fumada, terrinas de caça e de requeijão, cogumelos com alho ou recheados, foie-gras e patés.

O Vinho Madeira Meio Doce
Este tipo de vinho é Harmonioso com frutos tropicais frescos, frutos secos, bolos e tartes de fruta.
O Boal jovem combina com queijo de pasta mole e o Boal velho com queijo curado, souflês de queijo ou de frutos silvestres, biscoitos de manteiga, chocolate de leite, pralines, petit-fours, bolos de creme e bolo de mel.
O Boal velho associa-se também na perfeição com tabaco de cachimbo e charutos.

O Vinho Madeira Doce
Combina com frutos tropicais, frutos secos, nozes e avelãs.
Além disso, combina também com bolos de frutos secos e tartes de fruta, bolo de mel, biscoitos de manteiga, chocolate escuro ou de leite, pralines e petit-fours.
Os queijos portugueses – Serra, Serpa, Azeitão, Rabaçal e Ilha - e os queijos azuis – Danish Blue, Roquefort, Stilton ou Gorgonzola também são óptimos com o Vinho Madeira doce.
Os Frasqueira vão muito bem com Puros havanas e tabaco de cachimbo.

5 comentários:

jms disse...

Como visitante assíduo, gostaria muito de vos receber em www.hojehapipis.blogspot.com.

João Plantier disse...

Grande Chefe,
Grande post! No fim de semana vou ver se compro um Madeira Seco. Fica combinada uma prova de Madeiras patrocinada por mim.
Abraço,
João

Pedro Landim disse...

Impossível resistir. Tenho sempre uma garrafa repleta de aromas...

Te acompanho, Nuno.

Madeira:

http://odia.terra.com.br/blog/bocanomundo/200704archive001.asp#1177952101001

vincent disse...

Hola,

Su blog ha captado nuestra atención por la calidad de sus recetas.

Agradeceríamos que lo registre en Ptitchef.com para poder indexarlo.

Ptitchef es un directorio que referencia los mejores sitios web de
cocina. Cientos de blogs ya se han inscrito y disfrutan de Ptitchef
para darse a conocer.

Para suscribirse a Ptitchef vaya a
http://es.petitchef.com/?obj=front&action=site_ajout_form o en
http://es.petitchef.com y haga clic en "Anade tu blog " en la barra la
parte superior.

Atentamente,

Vincent

shopping disse...

hola blog muy bueno